Brasil participa da 12ª Semana Global do Empreendedorismo

Movimento é realizado simultaneamente em 170 países e, no Brasil, em 1,6 mil cidades. O presidente do Sebrae, Carlos Melles (acima), destacou a importância em levar o tema para as escolas

Começou oficialmente na última segunda-feira (18/11), a 12ª Semana Global do Empreendedorismo (SGE), realizada simultaneamente em 170 países do mundo e cujo tema, este ano, é “Empreender é viver o futuro hoje”. O movimento está acontecendo em mais de 1,6 mil cidades brasileiras com a coordenação do Sebrae, envolvendo em torno de 9 mil atividades, como palestras, workshops, capacitações, oficinas, feiras, cursos, debates e outros tipos de ações.

O evento é realizado ao longo de todo o mês de novembro e tem como objetivo principal despertar o interesse da sociedade pelo empreendedorismo. No Brasil, estão sendo enfocados temas como a Educação Empreendedora, a inovação e a liberdade para empreender.

Na abertura, o presidente do Sebrae, Carlos Melles, destacou a importância de levar o empreendedorismo para as escolas, em todos os níveis de ensino. Para isso, secretários de educação dos estados e municípios estão participando das atividades, que estão sendo realizadas pela instituição.

“Esse é um momento de muito entusiasmo para todos nós”, afirmou Melles, abrindo oficialmente a SGE. “Precisamos despertar o dom do empreendedorismo nas pessoas, principalmente nos jovens”, acrescentou o presidente do Sebrae, explicando que a etapa brasileira é a maior entre os países que participam da semana.

Segundo Melles, o Sebrae está ajudando o país a retomar o caminho do crescimento, por meio da capacitação dos empresários dos pequenos negócios, em cursos e diversos outros tipos de iniciativas. Agora, conforme o presidente, a instituição está se unindo ao Ministério da Educação para desenvolver ações junto às redes pública e particular de ensino.

“O MEC tem esse compromisso com o ‘Sebrae”, observou o secretário de Educação Profissional e Tecnologia da pasta, Ariosto Antunes, durante a abertura da Semana, que aconteceu na sede nacional do Sebrae, com a presença de centenas de pessoas, entre autoridades, e donos de pequenos negócios.

Na abertura do evento, palestrantes de diversas áreas falaram sobre suas experiências. O primeiro deles foi Bruno Romano, empreendedor e um dos fundadores da Keep Lerning School, que apresentou a Comédia da Vida Corporativa. A vencedora da etapa brasileira da Copa do Mundo de Empreendedorismo, Laura Ribeiro, contou como se tornou uma empresária de sucesso, assim como Tiago Mattos, co-fundador da Aerolito e Perestroika.

Davi Braga falou aos presentes como se tornou um empreendedor aos 13 anos, ao criar a startup List-IT. Ao final, aconteceu o talkshow “Inovação, novas formas de aprendizado, inclusão e comportamento socioemocional”, envolvendo os palestrantes, além da empreendedora social na área de robótica Guilhermina Abreu, co-gestora e fundadora do Embaixadores de Minas.

Ainda dentro da programação da Semana Global de Empreendedorismo, o Senado Federal realizou nesta terça-feira (19/11), uma sessão solene, proposta pelo senador Jorginho Mello, presidente da Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa. A SGE foi criada em 2007 com o objetivo de fortalecer e disseminar a cultura empreendedora. Em 11 anos, os 18 países fundadores da iniciativa, entre eles o Brasil, se multiplicaram para mais de 170. O movimento chegou no Brasil em 2008 e, desde então, apresentou desenvolvimento incomparável, atingindo em 2014, 5.811 atividades, nos 26 dos estados e no Distrito Federal, contando com mais de 1 milhão e 600 mil participantes.

Em 2018, primeiro ano em que a SGE ficou sob a coordenação do Sebrae, foram realizados 8.296 eventos, em 1.161 cidades, com 670 instituições, alcançando mais de 1 milhão de participantes. “Esse ano resolvemos inserir como novidade o incentivo à educação empreendedora, à inovação e à liberdade para a melhoria do ambiente de negócios, que acontecerá com a Lei da Liberdade Econômica, que dará mais chances aos empreendedores de prosperar”, disse o diretor técnico do Sebrae, Bruno Quick.

O Sebrae é a instituição host, responsável pela coordenação nacional, justamente com o Conselho da SGE, composto pela Aliança Empreendedora, Anjos do Brasil, Anprotec, Artemisia, Brasil Junior, CONAJE, Endeavor e Junior Achievement; além de órgãos do poder público, empresas, organizações não governamentais, incubadoras, aceleradoras, entre outros agentes da sociedade. Este ano, a Semana Global já contabiliza 8.864 eventos, com 852 parceiros espalhados por 1.601 municípios. Antes mesmo do encerramento da Semana, o Sebrae já contabiliza 1,286 milhão de pessoas mobilizadas.

FOTO: Charles Damasceno / Sebrae

Fonte: https://dcomercio.com.br/

Open chat
1
Olá !
Podemos Ajudar?
Powered by